24 abril 2011

DAENS - UM GRITO DE JUSTIÇA


O filme se passa na cidade de Aalst no norte da Bélgica no século XIX com um grupo de trabalhadores que viviam em condições miseráveis, vítimas da exploração da indústria de tecidos onde estão empregados.
A situação começa a mudar quando um padre revolucionário de nome Adolf Daens, é transferido para a cidade e assume a igreja local.

Como a igreja era a favor da classe burguesa, o padre possuía uma péssima imagem para os pobres, pois, os mesmos tinham a visão de que a igreja somente visava o interesse da burguesia e excluía a classe mais pobre.

Adolf Daens nasceu em 18 de Dezembro de 1839 de uma família numerosa e modesta da cidade de Aalst (Bélgica), foi um sacerdote flamenco, e uma personalidade muito combativa na política belga. Ele se opôs ativamente ao conservadorismo existente na época. Sua atuação política se centrou na defesa do proletariado e contra as injustiças sociais.

O filme retrata o descuido da infância, ou seja, o abuso infantil tanto na parte trabalhista quanto sexual. O padre Deans, logo ao chegar à cidade percebe este problema, enquanto observava as agressões dos subchefes da fábrica, onde qualquer desleixo cometido pelos trabalhadores em suas funções resultava em multas de $ 0,20 ou então na expulsão do operário.

Aalst era uma cidade decadente de assistencialismo promovido pelo governo devido a furtos cometidos por crianças e jovens que roubavam para “suprir” as suas necessidades, além de morrerem de hipotermia como no caso da personagem Nina. A cidade tinha uma população desacreditada devido ao desprezo da igreja com os habitantes.

Após a morte de uma criança na fábrica, começam os ataques dos operários contra o parlamento. Os capitalistas com o pensamento em ganhar, não pensavam nos trabalhadores e os próprios não reconheciam os seus direitos. A partir de então Daens mostra aos operários o “Sufrágio Universal” (O direito de votar e o reconhecimento do voto e suas garantias).

O filme relata explicitamente este embate entre as classes antagônicas, e a conquista trabalhista que os operários obtiveram com o auxílio de Adolf Daens, que deixou a vida eclesiástica para seguir carreira política favorecendo os pobres e trabalhadores.

Adolf Daens faleceu em 1907 com 68 anos, comparecendo ao seu enterro muitos operários e ativistas sociais.


FICHA TÉCNICA:
Ano: 1993
País: Bélgica
Legendado em Português
Duração: 132 Minutos
Direção: Stijn Coninx

6 comentários:

  1. muito massa este filme. retrata a realidade da epoca, e as vitorias trabalhistas conquistadas. recomendo. =D

    ResponderExcluir
  2. Ótima sugestão. Ainda não assisti, mas ouvi comentários do mesmo. Pela sinopse vale a pena.

    ResponderExcluir
  3. filme parece ser bom...vamos ver se assisto...

    ResponderExcluir
  4. Me interessei,quando eu assistir eu comento o que achei euheuheue !

    ResponderExcluir
  5. É um artifício motivador a estar sempre lutando por melhorias trabalhistas e sociais no nosso País

    ResponderExcluir

Comentar com respeito e seriedade!

Loading...
Ocorreu um erro neste gadget